Notícias:
latest

“SÓ ESCUTEI O BARULHO, TODOS OS VIDROS QUEBRANDO E AÍ A GRITARIA”, CONTA PASSAGEIRA DE TREM ENVOLVIDO EM COLISÃO.



[“Só escutei o barulho, todos os vidros quebrando e aí a gritaria”, conta passageira de trem envolvido em colisão]

Aos quatro meses de gestação, Isabelly Batista, 21 anos, passou por momentos de pavor, na tarde desta sexta-feira (1º), em um dos trens que colidiu na Estação Lobato, no subúrbio de Salvador. Ao SITE, ela contou que os passageiros perceberam que o trem que vinha em sentido contrário estava no mesmo trilho, mas não houve muito o que ser feito. “Quando chegou na estação do Lobato, os dois [trens] colidiram, os dois estavam na mesma linha. Eu estava no segundo vagão e só escutei o barulho, todos os vidros quebrando e aí a gritaria.”
                             

Segundo Isabelly, o trem, que saiu por volta das 15h30 da Estação Calçada, estava com muitos idosos e crianças que ficaram vulneráveis no momento da colisão. “Teve criança voando, muitos senhores de idade passando mal”, contou a passageira.

Além do acidente, a mulher conta que alguns passageiros reclamaram da falta de estrutura do local, sem acesso para as saídas e seguranças para apoio e informações. “Algo que não tem segurança nenhuma, não tem uma escada para as pessoas descerem, não teve um segurança para ajudar as pessoas a descerem. Quem estava se ajudando foram os passageiros mesmos”, afirma a mulher.


                           

Ainda de acordo com a testemunha, que estava sendo encaminhada para uma unidade de saúde por conta própria quando conversou com a reportagem, antes dela sair do local estavam chegando ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e viatura da polícia para dar suporte aos feridos.

                    

« Voltar
Próximo »