Notícias:
latest

‘UM BURACO NO CORAÇÃO’, LAMENTA PAÍ DA MULHER QUE FOI MORTA E TEVE FILHO LEVADO | É COISA VIU

Ivan Pacheco, pai da mulher que foi achada morta e com sinais de violência dentro de casa, lamenta a perda da filha “Foi uma perda imensa, um buraco no coração que nunca vai ser tampado”. Caso ocorreu em Eunápolis, na Bahia.
Segundo o delegado do caso, Bernardo Pacheco, Silvia Letícia Araújo Pacheco foi morta por uma amiga que havia inventado uma gravidez e desejava roubar o filho da vítima.
A vítima deixou dois filhos, um de oito anos, que tem autismo, e um recém nascido de três meses, que chegou a ser roubado pela suspeita. Ambos estão morando com a avó.
Ivan Pacheco afirma que não esperava que uma amiga de Silvia cometeria o crime.”A gente não conhecia ela [suspeita de cometer o crime]. Surpreendeu muito, agora é esperar em Deus que a justiça resolva esse crime e a culpada seja presa”, comenta o pai da vítima.
“Minha filha era uma pessoa muito alegre, amiga de todo mundo, gostava de viver a vida. Ela [Silvia Letícia] não tinha problema com ninguém, a gente [ele e a esposa] ajudava ela a criar os meninos”, disse Ivan.
De acordo com o delegado, a suspeita roubou o bebê de Silvia após assassiná-la. A criança foi encontrada no dia seguinte do ocorrido. O delegado informou também que a suspeita confessou o crime para outras pessoas, por meio de mensagens.
FONTE:ACONTECENABAHIA
« Voltar
Próximo »

Nenhum comentário