Notícias:
latest

Caixa abrirá poupança digital para mais de 3 milhões receberem auxílio



    Na próxima terça-feira, 3.113.356 pessoas que estão no Cadastro Único, mas não tinham conta no banco, vão ganhar a primeira parcela de R$ 600

    O pagamento da primeira parcela do auxílio emergencial começou nesta quinta (9)

    O pagamento da primeira parcela do auxílio emergencial começou nesta quinta (9)


    A Caixa vai abrir poupança digital para 3.113.356 pessoas consideradas aptas a receber o auxílio emergencial de R$ 600 e fará o crédito nestas contas na próxima terça-feira (14). Esse será o segundo grupo a receber o pagamento e reúne beneficiários que estão no Cadastro Único do governo federal, mas não recebem Bolsa Família nem tinham conta na Caixa e Banco do Brasil.
    Quem receber o crédito por meio da poupança digital poderá pagar boletos e contas de água, luz, telefone, entre outras, mas não fazer saques. A medida é para evitar corrida às agências e lotéricas. Toda a operação pode ser feita pela internet e aplicativo. 
    Será possível também efetuar transferências ilimitadas entre contas da Caixa ou realizar gratuitamente até três transferências para outros bancos a cada mês, pelos próximos 90 dias. 
    Cronograma 
    Os primeiros pagamentos do auxílio emergencial do governo federal começaram nesta quinta-feira (9). O benefício foi creditado na conta poupança de 2.150.497 clientes do banco. Outros 436.078 lançamentos foram realizados pelo Banco do Brasil. Mais de 2,5 milhões de pessoas já foram beneficiadas, num total de cerca de R$ 1,5 bilhão.
    O grupo de trabalhadores informais que não estão no Cadastro Único passa a receber em cinco dias úteis após a inscrição pelo aplicativo lançado pela Caixa (Clique aqui para se inscrever).
    Os beneficiários do Bolsa Família vão receber seguindo o calendário regular do programa, nos últimos 10 dias últeis do mês.
    O pagamento será realizado em três parcelas de R$ 600. A medida é para garantir uma renda mínima aos brasileiros em situação mais vulnerável por causa do impacto econômico da pandemia do novo coronavírus.

    Veja o calendário de pagamento

    Primeira parcela:
    Dia 9 de abril
    - Para pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e têm conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa Econômica Federal.
    Dia 14 de abril
    - Pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e não têm conta nesses bancos.
    Em 5 cinco dias úteis, após inscrição pelo aplicativo
    - Trabalhadores informais que não estão no Cadastro Único e que devem se inscrever pelo aplicativo lançado pela Caixa (Clique aqui para se inscrever).
    Últimos 10 dias últeis de abril
    - Beneficiários do Bolsa Família, seguindo o calendário regular do programa nos últimos 10 dias últeis do mês.
    Segunda parcela:
    Entre 27 e 30 de abril
    - Pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e trabalhadores informais inscritos no programa de auxílio emergencial. Na seguinte ordem:
    - os nascidos em janeiro, fevereiro e março receberão em 27 de abril
    - os nascidos em abril, maio e junho receberão em 28 de abril
    - os nascidos em julho, agosto e setembro receberão o benefício em 29 de abril
    - os nascidos em outubro, novembro e dezembro receberão em 30 de abril
    - Beneficiários do Bolsa Família: últimos 10 dias úteis de maio, seguindo o calendário regular do programa.
    Terceira parcela:
    Entre 26 e 29 de maio
    - Pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e trabalhadores informais inscritos no programa de auxílio emergencial, na seguinte ordem:
    - os nascidos em janeiro, fevereiro e março receberão em 26 de maio
    - os nascidos em abril, maio e junho receberão em 27 de maio
    - os nascidos em julho, agosto e setembro receberão em 28 de maio
    - os nascidos em outubro, novembro e dezembro receberão em 29 de maio
    Últimos 10 dias úteis de junho
    - Beneficiários do Bolsa Família, seguindo o calendário regular do programa

    « Voltar
    Próximo »

    Nenhum comentário