Notícias:
latest

É COISA VIU! POLICIA MILITAR FAZ OPERAÇÃO POLICIAL EM LUSTOSA




Na sacola foi encontrada relevante quantidade de maconha, uma balança de precisão e sacos plásticos para acondicionar droga; durante a fuga, os elementos deixaram cair três celulares de marca Samsung que também foram apreendidos pelos militares.


O 5° e 3.°Pelotão juntamente com a SOINT da 20° CIPM e o DPM de Teodoro Sampaio levantaram informações relativas à atuação de uma quadrilha no povoado de Lustosa, responsável por homicídios decorrentes da expansão de domínio do tráficos drogas naquela região e áreas circunvizinhas. O informe consistia no fato dos integrantes da organização criminosa, cerca de dez indivíduos, se reunirem na Rua do Sapé para prática de uso e tráfico de drogas, além da exibição pública de armas, fato que corriqueiramente ocorria na primeira hora da manhã. Sendo assim, foi necessário apoio da RONDESP LESTE para que as Guarnições de Teodoro Sampaio, Coração de Maria e Conceição do Jacuípe pudessem fazer uma atuação segura e efetiva em detrimento da quadrilha ali instalada. As guarnições foram posicionadas com o objetivo de fazer o cerco na região, tendo em vista a grande extensão territorial e oportunidade de fuga, de modo que deslocaram em comboio e, ao chegar à localização pretendida, avistaram alguns elementos em fuga e portando armas de fogo, um deles deixou cair uma sacola e adentrou a casa de familiares, oportunidade na qual os policiais, após verificar que se tratava de material ilícito, buscaram fazer o acompanhamento e obteve êxito em abordar o suspeito, tratava-se de LUIS FELIPE DE SOUZA SANTOS, conhecido como “FELIPE”. Os policiais já tinham informação do envolvimento dele na quadrilha, porém nunca havia sido abordado. Existe, ainda, informações de que ele foi um dos autores do assassinato de Ariane Araújo dos Santos e da tentativa de homicídio de Geraldo Puridade de Almeida no dia 22/03/2020, esse último era morador do povoado de Canta Galo em Coração de Maria, onde buscou atendimento médico.
◼ PROVIDÊNCIA:
O “FELIPE”, bem como todo material dispensado por ele, foi à Delegacia de Teodoro Sampaio, onde foi lavrado o procedimento legal, Ocorrência n° 054/2020.
FONTE:POLICIA MILITAR

« Voltar
Próximo »

Nenhum comentário