Mais de 48 horas e nenhuma resposta. Esse é o drama que amigos e familiares de Samuel Alves Campos vivem desde a última segunda-feira (17/6), data em que o rapaz, de 19 anos, foi sequestrado por um trio no bairro de Jardim Nova Esperança, em Salvador. A família acredita que o jovem foi confundido com o irmão.
Familiares preferem não se identificar, ainda com medo, mas contaram ao Aratu On que o grupo entrou na casa onde ele estava com o irmão, que terá o nome preservado, por volta de 22h. Os bandidos chegaram procurando pelo irmão, que se entregou e chegou a ser amarrado. Porém, um dos três bandidos desconfiou que, na verdade, a pessoa certa estava sendo poupada. O trio dessamarrou o irmão e sequestrou Samuel. 
A família acredita que o alvo era o irmão dele porque o homem já esteve envolvido com assaltos. Por outro lado, Campos não tem envolvimento com o crime. Ele teria acabado de chegar do trabalho e estava descansando no momento em que foi surpreendido. 
A namorada da vítima, cujo número de celular era pouco conhecido, chegou a receber uma ligação de um número desconhecido, mas a chamada estava falhando e ela não conseguiu descobrir se a voz era do companheiro. Os familiares acreditam que ele pode ter conseguido ligar para ela para pedir ajuda ou ter dado o número para pedir algum resgate por ele. O número originador da chamada, porém, não está mais registrado. 
A família já entrou em contato com a Polícia Civil e pede que qualquer informação sobre Samuel seja repassada pelos números (71) 986950588 ou (71) 988729745. Também é possível enviar informações ao Departamento de Proteção à Pessoa, ligando para (71) 3116-6572.
FONTE:ARATUON