A Polícia Militar (PM) deflagrou uma megaoperação, na tarde desta quinta-feira (23/7), no bairro do Novo Horizonte, em Salvador. A ação aconteceu horas depois da execução de um comerciante que vendia cachorro-quente em uma barraca, no fim de linha local.
Em contato com o Aratu On, o comandante da 48º Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), major Jailton Carvalho, confirmou a informação e disse que um homem, de identidade não revelada, foi ferido durante confronto com PMs, e que teria sido socorrido para um hospital. O estado de saúde dele, no entanto, não foi informado. 
O major também não confirmou se há relação entre os dois casos, mas a vítima do assasinato, conhecida como “Rasta”, vendia “dogão” para vários policiais. 
Participaram da ação agentes da 48ª CIPM, do Grupamento Aéreo da PM (Graer), da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT/Rondesp Central) e da Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Polo). 
EXECUÇÃO
"Rasta", como era conhecido o vendedor de cachorro-quente, foi morto na última terça-feira (21/7), por homens armados, enquanto trabalhava. 
Vizinhos informaram ao Aratu On que a vítima atendia a diversos policiais militares em serviço no seu comércio, e que essa ação teria despertado a revolta de traficantes da área.
O caso continua sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
FONTE:ARATUON