Notícias:
latest

MONSTRUOSIDADE: FAMÍLIA BOLIVIANA É EXECUTADA POR BRASILEIROS APÓS PAI FLAGRAR ESTUPRO DA FILHA

A Polícia Civil está investigando uma chacina cometida contra uma família boliviana, no último domingo, na cidade de Cobija, que faz fronteira no Brasil, possivelmente por brasileiros. De acordo com as primeiras informações, uma jovem de 13 anos que sobreviveu à chacina foi vítima de um estupro cometido por um brasileiro, morador da cidade de Acrelândia, que extraía madeira na propriedade onde a família dela morava, em Cobija, já na Bolívia. Segundo o UOL, o o pai da vítima flagrou o abuso, bateu no suposto agressor e o amarrou em uma árvore. Depois, seis brasileiros foram o local e desamarraram o acusado. O grupo, então, teria matado quase toda a família da jovem. “Os familiares já estavam retornando para o lado brasileiro. No percurso, o que correu para pedir ajuda no resgate do suspeito do abuso sexual decidiu voltar à casa dos bolivianos para pegar as espingardas apreendidas pela família da vítima. Lá, houve uma discussão com a mãe da vítima e os assassinatos se desencadearam”, contou o tenente Dário da Almeida, da Polícia Militar (PM) do Acre ao UOL. A mãe da vítima tentou proteger a família e levou um tiro, assim como um filho adolescente. Outro filho morreu por ter filmado a ação. A vítima de estupro conseguiu fugir e pedir socorro após levar um tiro. O pai dela, ao retornar, pediu atendimento médico. Ela está internada em Rio Branco em estado grave. Ao UOL, a Polícia Civil falou que ao menos duas pessoas da família do suspeito de estupro participaram dos homicídios. pesar do crime ter acontecido já em território boliviano, a investigação e o julgamento devem acontecer no Acre. Os suspeitos deverão ser indiciados por homicídio, estupro e ocultação.
« Voltar
Próximo »

Nenhum comentário