Notícias:
latest

CONCEIÇÃO DO JACUÍPE: TERCEIRO CANDITATO A PREFEITO E SEU VICE SÃO SABATINADOS


Nesta quinta-feira (5) o candidato a prefeitura de Conceição do Jacuípe, João Vitor, do Partido Verde 43, foi sabatinado no projeto Eleições 2020, proposto pela rádio Educadora FM 88,5 em parceria com os programas “Panorama Geral 1” e “É coisa viu”. João Vitor é um candidato jovem, que faz parte da ala conhecida como “novo”, trabalha na empresa Mondial e divide sua chapa com o vice Abel Alves.

 

O sabatinado do dia respondeu a perguntas dos temas pré definidos e apresentou seu plano de governo. Primeiramente, o candidato falou sobre educação, frisou que um dos grandes problemas nessa área se deve ao atual modelo de comportamento encontrado nas escolas e que o seu projeto envolve a tecnologia dos aplicativos para o acompanhamento em tempo real dos alunos pelos pais. A tecnologia é um ponto recorrente na sua ideia de gestão. Logo após, o candidato respondeu ao questionamento de como fará a geração de empregos e renda aumentar no município, apresentando sua proposta de promover o comércio local e também o seu plano de criação do maior complexo industrial de injetáveis da Bahia.

 

Na área da saúde, o candidato aposta mais uma vez na tecnologia, visa investir na telemedicina para áreas remotas, para assim reduzir custos na construção e manutenção de postos de saúde,  e criar um aplicativo para gerenciar demandas como, marcação de consultas, entrega de resultados de exames, acompanhamento de pacientes, entre outros. Quanto a pandemia, o representante do PV, disse que as recomendações da OMS precisam ser seguidas a risca e que a conscientização da população para aderir ao isolamento social deve ser feita de forma mais eficiente.


Para o desenvolvimento rural, o plano de governo pretende desenvolver aparatos tecnológicos para os agricultores e produtores rurais e técnicas eficientes como, hidroponia, gotejamento, entre outras. Já para o desenvolvimento social, João Vitor, deu enfoque ao seu projeto “Prefeito de Bairro”, nele cada bairro terá um representante da população que repasse para a prefeitura as necessidades da sua área, também falou sobre a necessidade de manter os cuidados com as famílias e ter jovens atuantes que façam parte deste governo inclusivo, feito com a participação de todos.

 

Suas propostas para infraestrutura também estão ligadas ao último projeto citado, cada obra será feita devido ao grau de prioridade definido pelas comunidades. Segundo ele, a transparência é um dos pilares do seu governo juntamente com a tecnologia, combater a corrupção é o interesse primordial. Criticou o portal da transparência atual ao que disse não ter nada de transparente e nem atualizado, propôs um aplicativo que funcione em tempo real, mostrando todas as movimentações feitas pela prefeitura.  Sobre a tríade esporte, cultura e lazer, revelou que pretende recuperar as quadras de esportes, promover campeonatos estudantis e agremiações, criar uma orquestra sinfônica e recuperar os concursos de fanfarras, resgatar a capoeira e o samba de roda, entre outras manifestações, investir através dessas propostas no marketing municipal para reforçar o turismo durante todo o ano.

 

João Vitor que, como já foi mencionado, é do Partido Verde, também levantou a bandeira da sustentabilidade, referência do seu partido. Além disso, falou sobre o empoderamento feminino e suas propostas para esse público, que envolvem aumento na geração de empregos, cursos e conselhos. Ao finalizar sua sabatina, o candidato expôs a sua ideia de voto, que é baseada na confiança, justificando assim o motivo de não acreditar que o voto deve ser pedido, mas sim, conquistado. 

 

Abel Alves

No período da tarde, mais precisamente às 17 horas, o bate-papo foi com o vice da chapa, Abel Alves. Abel revelou que sempre teve vontade de participar da política, mas que não o fazia porque não acreditava nos modelos políticos existentes, e que isso acabou quando encontrou João Vitor e seu plano de governo. Para o candidato, que também é do PV, um vice precisa atuar efetivamente e não só substituir o prefeito quando necessário expressou que não se sente desmotivado por não estar entre “as cabeças”, que é necessário acabar com a polarização existente e começar a implantar novas bases políticas. Seu governo, segundo ele, é uma mistura de tecnologia, boa gestão e compromisso social, encerrando assim a sua participação. Os convidados de amanhã são a ex-prefeita Tânia Yoshida e seu vice, Yambó. 

Por: Amanda Matos 

« Voltar
Próximo »

Nenhum comentário