Notícias:
latest

ALAGOINHAS: HOMEM CAI NO GOLPE DO ‘ACHADINHO’ E FICA NO PREJUÍZO DE R$ 20 MIL

 


 

Um homem foi vítima de estelionatários no Centro da cidade de Alagoinhas (BA), distante 49 km de Irará.

O funcionário de uma loja de móveis situada na Praça da Bandeira, havia acabado de chegar na agência do Banco do Brasil na Praça Graciliano de Freitas, para realizar o depósito da empresa, quando caiu no golpe do “achadinho”- crime onde o autor deixa cair algum objeto e oferece uma falsa recompensa.

De acordo com o site Luciano Reis, que teve acesso ao boletim de ocorrência registrado na DT, a vítima relatou aos policiais que no interior do banco, foi abordado por uma mulher aparentando 50 anos que lhe perguntou se ele saberia fazer um depósito, ele negou. Em seguida, a mulher perguntou a segunda vez se ele saberia realizar a transação bancária, e novamente ele disse que não.

De acordo com a vítima, sentiu um documento cair, quando ele pegou e foi entregar a mulher, ela indicou que deveria ser entregue a um homem que trajava roupas sociais.

Após o documento ser repassado para o indivíduo, o golpista lhe ofereceu uma recompensa de R$ 50 pela ação, mas a vítima não aceitou. O suspeito insistiu e lhe ofereceu um novo valor de R$ 100, mas a vítima rejeitou, falando que não pratica as ‘boas’ ações interessado.

Durante a conversa na agência, o indivíduo disse que conhecia muito a vítima e que sabia que ele se desloca para o trabalho em um veículo caminhão e retorna para casa em outro caminhão, além de vê-lo com frequência no banco.

 

O trabalhador contou ainda, que foi convidado pelo golpista para acompanhá-lo até as proximidades da prefeitura municipal, onde a mulher já se encontrava. Após atender o pedido do indivíduo, no local, o casal pediu para que ele colocasse todos os pertences em uma caixa de sapato que a mulher segurava.

 

Depois de entregar o dinheiro e o aparelho celular, os estelionatários ordenaram que a vítima fosse embora, e, fugiram levando o celular e R$ 20 mil.

O caso foi registrado na Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR/Alagoinhas).

FONTE: BT

« Voltar
Próximo »

Nenhum comentário