Notícias:
latest

VEREADOR DETIDO POR PORTE ILEGAL DE ARMA NA BA TEM MANDADO CUMPRIDO DURANTE OPERAÇÃO DA PF PARA COMBATER TRÁFICO DE DROGAS

 

                                                              Foto:Google

José Alberto de Carvalho, conhecido Zé Lambão, vereador reeleito em Campo Formoso, cidade do norte da Bahia, foi alvo de uma operação da Polícia Federal contra tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro, nesta segunda-feira (23). Ele já está preso por porte ilegal de armas e também é investigado por agredir a filha.

PF cumpre mais de 200 mandados em investigação contra tráfico de drogas; Justiça bloqueia R$ 400 milhões

Ele está detido no presídio de Juazeiro, também no norte da Bahia. A Lei Eleitoral permite um detento concorrer e ganhar uma eleição.

A Polícia Federal não informou qual mandado foi cumprido contra o vereador Zé Lambão.

Salvador

Já na capital baiana, a PF apreendeu armas e munições em um condomínio de luxo no Horto Florestal. Segundo as investigações, o grupo usava laranjas e empresas de fachada para justificar a grande movimentação financeira e, assim, lavar o dinheiro do tráfico.

Ao todo, 217 mandados judiciais foram expedidos pela 14ª Vara Federal de Curitiba para serem cumpridos em cidades do Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Bahia e Pernambuco. Desse total, 66 são de prisão e 151 de busca e apreensão.

Segundo a Receita Federal, oito mandados também estão sendo cumpridos na Espanha, Colômbia, Portugal e Emirados Árabes Unidos.

A operação Enterprise é considerada a maior do ano no combate à lavagem de dinheiro do tráfico de drogas e uma das maiores da história na apreensão de cocaína nos portos brasileiros, de acordo com a PF. Um novo recorde, no valor de R$ 1 bilhão, segundo a PF, foi alcançado em relação ao sequestro de bens em investigações da PF sobre tráfico de drogas na história da corporação.

O nome da operação faz alusão à dimensão da organização criminosa investigada, que atua como um grande empreendimento internacional na lavagem de dinheiro e exportação de cocaína, o que trouxe alto grau de complexidade à investigação policial, explicou a PF.


FONTE: G1/BA

« Voltar
Próximo »

Nenhum comentário