Notícias:
latest

QUE ABSURDO VIU: CACHOEIRA FIRMA CONTRATO DE MAIS DE R$ 500 MIL PARA COMPRA DE PANETONES E QUEIJOS

 

 


O Ministério Público estadual recomendou ao prefeito de Cachoeira, Fernando Antônio da Silva Pereira, a revogação imediata de contrato firmado pelo Município com a empresa Cristovaldo Cesário da Silva – ME para compra de panetones e queijos que integrariam cestas natalinas e custariam mais de R$ 500 mil aos cofres públicos.

Conforme orientado pelo promotor de Justiça Sávio Damasceno, o prefeito deverá se abster, até o final do seu mandato e no contexto de pandemia, de realizar quaisquer gastos com eventos festivos e congêneres, em especial, com alimentos para confecção de cestas de Natal.

Também foi recomendado que o Município se abstenha, até o dia 31 de dezembro de 2020, de firmar qualquer contrato, de qualquer natureza, com Cristovaldo Cesário, ou qualquer empresa de sua propriedade ou participação, até que se comprove a regularidade dos contratos anteriormente firmados.

O promotor de Justiça solicitou que seja encaminhado ao Ministério Público, no prazo de 24 horas, cópia integral do processo referente ao contrato que tem como objeto a compra dos panetones e queijos e valor global de R$ 538.930,00 e que, no prazo de 15 dias, seja encaminhada cópia integral dos processos de outros contratos firmados com a empresa.

Segundo Sávio Damasceno, o Município, inclusive já está distribuindo cestas básicas para os alunos das escolas da rede pública municipal, sendo que o caráter do contrato objeto desta investigação é meramente festivo. Ele lembra que, em novembro, expediu recomendação ao prefeito orientando que se abstivesse de efetuar, neste contexto de pandemia, qualquer gasto público com eventos festivos.



 Fonte:VN

« Voltar
Próximo »

Nenhum comentário