Com quase 260 mil vidas perdidas para a Covid-19 e o Brasil voltando a quebrar recordes de mortes, familiares das vítimas começaram a postar nas redes sociais a última conversa que tiveram o ente querido.

Os relatos tentam convencer as pessoas que estão se algomerando de que a doença é realmente grave e o melhor a fazer é ficar em casa.

Tudo começou com um twitter da usuária @giuchuchu. Ela mostrou a última conversa com a mãe, de 42 anos, onde a vítima relatava que não estava conseguindo vaga de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), enquanto a filha, esperançosa, dizia que a mãe ainda iria em sua formatura.

A mulher acabou falecendo antes que Giulia completasse o primeiro semestre, deixando ainda outras duas filhas, uma delas de 8 anos.

O relato dela acabou motivando outras pessoas a fazerem o mesmo. A redação do Aratu On separou algumas conversas.