Notícias:
latest

MONSTRUOSIDADE: MULHER É ESPANCADA ATÉ A MORTE COM TACO DE BEISEBOL NA PRESENÇA DA SOGRA; OLHO FOI ARRANCADO

 


 

Uma jovem de 22 anos, identificada como Larissa Pereira do Nascimento, foi espancada até a morte com golpes de taco de beisebol neste domingo (9/5) em Itapoã, no Distrito Federal. O principal suspeito do crime é o marido dela, João Paulo de Moura Sousa, 23, que já havia sido denunciado outras cinco vezes por violência doméstica.

O corpo de Larissa apresentava múltiplas lesões e um dos olhos fora da cavidade ocular, quando foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros por volta das 11h, em uma cama e já sem vida. O suspeito fugiu após o crime, mas foi localizado e preso no início da noite, na casa do pai.

Segundo a Polícia Militar, equipes chegaram a ser acionadas por vizinhos que ouviram gritos de socorro vindo do local, pouco depois das 5h. A mãe do suspeito, que estava no imóvel, teria dito aos policiais que estava tudo bem, mesmo após os militares insistirem. A mulher, que não teve a identidade divulgada, também será investigada.

Ao amanhecer, o suspeito, a mãe e um irmão dele sentaram na calçada discutindo o que fariam. “O autor afirmava: ”Mãe, ela está morta, eu matei ela, eu não quero ir preso”, segundo o boletim policial.

João Paulo já possuía passagens por crimes de roubo, receptação, furto e, inclusive, tentativa de homicídio. Em abril, ele havia sido detido por lesão corporal, injúria, ameaça e dano qualificado, mas foi liberado em audiência de custódia mediante o uso de tornozeleira eletrônica.

Larissa chegou a conseguir medidas protetivas na época, mas voltou a morar com João. Ainda em abril ela desistiu do pedido, e no dia 1° de maio a Justiça revogou as medidas. Com isso, o processo acabou sendo arquivado.

Fonte: Aratuon

« Voltar
Próximo »

Nenhum comentário