Notícias:
latest

SUPOSTAMENTE TRAÍDA, VIÚVA DE MC KEVIN ADMITE BRIGA ANTES DA QUEDA E DESABAFA: "ISSO AQUI É COISA DE FALSO AMIGO"

 

 


A viúva do MC Kevin, a advogada Deolane Bezerra, fez um desabafo no fim do velório do cantor na manhã desta terça-feira (18/5). Segundo ela, o artista tinha falsos amigos que "sugavam" sua energia.

Durante o depoimento, a mulher admitiu que tinha se desentendido com o cantor. "Então vocês, jovens, bebida é bom, é 'da hora', eu também bebo, mas tudo tem limite. Cansei de falar pro Kevin 'tudo tem consequência na vida' e aqui é uma consequência, tá?! Eu 'tava' dormindo, esperando meu marido chegar. Eu tinha brigado com ele antes de domingo, brigado não, mal-entendido, porque os amigos dele tavam sugando ele mais uma vez".

Ela explicou que dormiu no quarto de hotel após a discussão e que ele teria ido encontrar amigos que o acompanhavam na viagem ao Rio de Janeiro e estavam hospedados no mesmo local.

"Família é pai, mãe, irmão. Isso aqui é coisa de falso amigo. Eu cansei de falar para o Kevin tomar cuidado, abrir o olho. Ele tinha muito amigo falso, sanguessuga. Isso aqui [morte do cantor] é amizade. Cansei de falar para o Kevin que tudo tem consequência na vida", complementou a advogada, enquanto era ouvida por uma grande plateia.

MC Kevin morreu após cair de um dos andares do hotel no Rio Janeiro na madrugada de domingo (16/5). O artista se apresentou em uma balada do Rio e estava hospedado com a esposa, amigos e a equipe de produção.

O que aconteceu ainda é um mistério para a Polícia Civil. Informações iniciais apontavam que o MC caiu após tentar pular de varanda para o apartamento de baixo por medo da esposa encontrá-lo com outra mulher. Essa teoria ganhou força após depoimento da modelo Bianca Domingues. Durante depoimento, a mulher afirmou que estava mantendo relações sexuais com o artista no quarto onde o acidente aconteceu.

"Ele acreditava que a esposa estava na porta do quarto, ficou assustado e tentou sair", disse ao delegado titular da 16º DP (Barra da Tijuca), Henrique Damasceno.  O caso segue sendo investigado.

« Voltar
Próximo »

Nenhum comentário