Notícias:
latest

MONSTRUOSIDADE: HOMEM QUE ESQUARTEJOU A ESPOSA RELATA OS DETALHES COM FRIEZA

 

O homem que matou e esquartejou a esposa no Natal  (25/12), em São Paulo, continua detido no Conjunto Penal de Vitória da Conquista. O crime aconteceu na frente da filha de 4 anos do casal e chamou atenção pela frieza do autor.


Não há previsão de quando Assuero Severo dos Santos, de 40 anos, será transferido para o estado paulista. Segundo o delegado Gustavo Tortorelli, que acompanha o caso aqui na Bahia, a Polícia Civil de São Paulo ainda não agendou a transferência.

Assuero esfaqueou Cláudia Almeida dos Santos, de 38 anos, e, depois de esquartejar a vítima, colocou os pedaços do corpo em uma mala. As partes foram descartadas em matagais na capital paulista. Os dois eram casados há 18 anos e tinham duas filhas.

Após o crime, o investigado voltou para a Bahia, para a cidade de Tremedal, onde o casal nasceu. Ele procurou a delegacia, acompanhado de um advogado, e confessou ter matado a esposa.

Tortorelli foi quem interrogou Assuero. O policial disse que o investigado deu muitos detalhes sobre o crime.

“Em momento nenhum ele demonstrou arrependimento. Nem constrangimento ele teve na hora de contar os detalhes […] Um interrogatório extenso. Em quase 21 anos de profissão, eu nunca vi uma pessoa tão fria”, destacou Tortorelli.

O delegado contou que Assuero mentiu para amigos e familiares da vítima, quando ela ainda era considerada desaparecida: “Depois do sumiço da vítima, os parentes e amigos começaram a ligar para ele [Assuero], mandar mensagem, e ele disse que ela [a vítima] havia fugido com um amante para o estado do Paraná. Ele mentiu, dizendo que havia registrado uma ocorrência de desaparecimento, que ele não chegou a fazer”, contou.

Não há informações sobre o estado de saúde das duas filhas do casal e a localização delas. Assuero deve responder por feminicídio e ocultação de cadáver.


« Voltar
Próximo »

Nenhum comentário