A Polícia Civil já identificou e tem um mandado de prisão contra o suspeito de matar o barbeiro Lucas Souza Araújo, no bairro do Imbuí, em Salvador. O suspeito, de acordo com agentes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), é o advogado José Geraldo Lucas Júnior, de 27 anos. 

O crime aconteceu dentro de uma barraca, na noite de domingo (24/1). Segundo a Secretaria da Segurança Pública, a vítima foi assassinada a tiros. Uma fotografia tirada minutos depois da ação mostra o advogado e outro rapaz na cena do crime. Essa imagem pode ter ajudado nas apurações. 

A única hipótese trabalhada é de vingança. O DHPP já sabe que Lucas estava acompanhado da esposa e de outras pessoas na barraca. No momento em que ele levantou, o advogado teria "paquerado" sua esposa, o que irritou o barbeiro. Após uma briga, José sacou uma arma e cometeu o homicídio. 

Por meio das redes sociais, o irmão do barbeiro, Lauro Araújo, lamentou o crime. "[...] É duro, é muito duro pra um irmão ser forte vivenciar esse momento difícil pra mim, não existe dor maior do que uma dor de um irmão um pai e uma mãe. Você me entendia, a gente era uma só carne e osso, quem conhece sabe muito bem, vou lembrar de você todos os dias e vou honrar o que você me falou que somente eu e você sabe", relatou. 

O advogado é considerado foragido. Qualquer informação pode ser passada de forma anônima para a Polícia Civil, por meio do (71) 3235 - 0000. 

Fonte: ARARTUON