Um homem foi morto a tiros durante uma ação policial na localidade do Morro, bairro Cristo Rei, em Simões Filho, na região metropoliatana de Salvador (RMS). De acordo com a Polícia Militar (PM), os agentes foram recebidos a tiros nesta terça-feira (26/1) e, no revide, mataram um homem. Familiares e vizinhos, no entanto, contestam essa versão.

"O cara não estava se envolvendo mais nessa vida, era trabalhador, estava trabalhando, ele e a esposa dele. E não teve nada de trocas de tiros, ele se rendeu", diz uma mulher, em frente à viatura da 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) que estava no local do crime. "Entra pra invadir a casa dos outros pra matar gente inocente", complementa a cinegrafista.

Outro vídeo, enviado para a redação do Aratu On, mostra os policiais transportando o corpo de dentro do matagal para a viatura. Ao verem o homem morto sendo arrastado, elas gritam, choram e fazem orações. "Uma alma é preciosa pra Deus, não tem quem pague uma alma", grita uma delas.

Por outro lado, a PM diz que encontrou vários homens armados e que eles que começaram a disparar contra a guarnição. Depois, o grupo teria fugido em direção a um matagal. "Ao cessar os disparos, os policiais militares localizaram um indivíduo caído ao solo que foi socorrido ao Hospital de Simões Filho, porém não resistiu. Os outros suspeitos fugiram pela mata", diz o comunicado da coorporação.

Com a vítima, a polícia alega ter apreendido uma pistola 9 milímetros, com capacidade de 30 tiros e seis munições, dois quilos de maconha, 23 pinos de cocaína, três dolões de maconha e oito pedras de crack. Nenhum polícial ficou ferido na ação.


FONTE: ARATUON