Notícias:
latest

ITABERABA: DONO DE HOSPITAL REIVINDICA VACINAÇÃO EM EQUIPE E IMPEDE APLICAÇÃO: “OU VACINA TODO MUNDO OU NADA”



 Um vídeo viralizou nas redes sociais, nesta quinta-feira (21), por mostrar, acintosamente, o dono do Hospital da Chapada (HC), em Itaberaba, batendo boca com a médica veterinária Aline Barros Negrão Oliveira, gerente da Vigilância em Saúde do município portal de entrada da Chapada Diamantina.

O vídeo foi enviado ao Jornal da Chapada, e mostra o bioquímico Nadson Pedreira impedindo os profissionais da Vigilância em Saúde de aplicar a vacina nos 84 profissionais que atuam na linha de frente contra a covid-19. A vacina imuniza contra o novo coronavírus, o vírus letal que transmite a covid e que já matou 52 pessoas no município chapadeiro.

Diante de tal absurdo, a reportagem foi apurar para saber o que aconteceu. E, segundo nos informaram, a prefeitura municipal de Itaberaba disponibilizou 84 doses da vacina CoronaVac, das 522 doses que o município recebeu, para a imunização dos profissionais de saúde, que estão na linha de frente na referida unidade de saúde, inclusive, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O problema é que doutor Nadson só permite que seja vacinado todos os profissionais do hospital. “Ou vacina todo mundo, ou nada”, brada o proprietário no vídeo. “É um absurdo Nadson impedir que a equipe da vigilância realize a vacinação dos funcionários da linha de frente, só porque ele quer vacinar a empresa dele toda. Ainda não temos vacina para todos”, dispara um internauta.

“Ele quer é vacinar os pedreiros que trabalham lá. Será que Nadson fez isso pra que a Vigilância não tivesse acesso à parte interna do hospital, abram os olhos”, diz outra usuária da rede. “Como pode um profissional de saúde politizar um assunto tão sério”?, questiona outro internauta. “Já basta a demora que tivemos para ter acesso a essa vacina”, completa.

Mais informações
Segundo o secretário municipal de Saúde de Itaberaba, João Rodrigues, Nadson impediu o acesso da equipe de vacinação na unidade hospitalar. No entanto, conforme o titular, todos eles poderão ser vacinados nesta sexta-feira (22), a partir das 8h, em uma unidade de saúde localizada a 30 metros do HC. “Para isso uma equipe será deslocada para essa unidade, munida da lista com a relação dos funcionários que atuam na linha de frente da covid-19”, aponta João. A lista foi passada pela própria unidade, como mostra documentos timbrados que a reportagem teve acesso

A Bahia recebeu do governo federal 367. 600 mil doses da vacina chinesa CoronaVac | FOTO: Alberto Maraux/SSP |

Sobre a vacina
Os municípios receberam uma pequena quantidade de vacina o correspondente a 30% dos trabalhadores da saúde, logo a orientação no plano de vacinação do Ministério da Saúde é vacinar os trabalhadores da linha de frente ou seja aqueles que atendem casos suspeitos ou confirmados de covid.

“Como não tem para todos agora, tem que fazer uso do princípio da equidade. Nossa luta tem que ser para que o Ministério adquira mais vacina e não lutar, brigar com o colega de trabalho que é um exemplo de dedicação desde o início do enfrentamento ao coronavírus”, complementa João Rodrigues.

Fonte: Jornal da Chapada

« Voltar
Próximo »

Nenhum comentário