Impedida de continuar em um supermercado por estar sem máscara, uma mulher tomou uma atitude inusitada: tirou a calcinha e a pôs no rosto. O caso inusitado aconteceu na África do Sul. Não se sabe exatamente quando, nem em qual estabelecimento a "revolta" se deu, mas a atitude foi amplamente divulgada nesta semana.

Tudo foi filmado por clientes. Nos registros, é possível ver quando a mulher é parada pelos seguranças do estabelecimento, enquanto faz compras. Em seguida, por usar um vestido, a mulher tira a calcinha com facilidade e a coloca no rosto.

A confusão se torna generalizada quando outra compradora, que estava atrás da mulher, é flagrada dizendo aos funcionários do supermercado para retirar as proteções faciais deles. Ela ainda afirmou que não utilizaria o equipamento, pois era seu direito constitucional, informou um site local. 

A mesma mulher, "solidária", aparece nas imagens parabenizando a proprietária da "máscara calcinha", dizendo "muito bem" e afirmando que a "bactéria na calcinha dela [da outra mulher] é menor do que na máscara"

Apesar da confusão, não ficou claro se elas enfrentarão multas ou qualquer ação legal por não utilizarem as máscaras adequadamente.
 

 

Fonte:Aratuon