Um vídeo que tem circulado nas redes sociais mostra um início de discussão envolvendo um caminhoeiro e policiais militares do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPR) próximo à cidade de Pojuca, a 67 km de Salvador. A Polícia Militar (PM) confirmou que as imagens foram gravadas por volta das 17h de quinta-feira (25/2) e que o motorista foi detido.

Segundo os oficiais que estavam na ocorrência, durante a fiscalização, o condutor recusou-se a mostrar um dos equipamentos de segurança do veículo, e foi quem deu início às agressões verbais e físicas. Nas imagens filmadas pelo condutor, é possível ver um policial fazendo ameaças: "Olhe, você está falando demais, viu? não altere não, que você cai 'no pau'. Você quer ver? diga que quer ver agora, ai", diz o profissional.

O motorista responde que não quer 'cair no pau' e um dos policiais se aproxima dele. Nesse momento, não é possível entender o que acontece, apenas que o caminhoeiro agarra a farda de um dos policiais, que manda ele soltar. 

No áudio que acompanha as imagens, enviadas nas redes sociais, o caminhoeiro diz que foi agredido e chama os policiais de "vagabundos". "Aí, galera, manda pra todo mundo esse vídeo, dois policiais vagabundos aqui, fardados, aqui em Pojuca, na Bahia, acabaram de parar meu caminhão, estou todo certinho, 'reguladinho', 'bonitinho', e vem e me agrediu com um soco, tá gravado aí", relata o motorista.

Em nota, a Polícia Militar respondeu que foi dada voz de prisão ao motorista e houve resistência, sendo necessário solicitar o apoio de outra guarnição da unidade para conduzir o homem para a delegacia de Pojuca. Depois, ele foi levado para a Central de Flagrantes de Camaçari, onde a ocorrência foi registrada. O órgão não informou se havia irregularidade nos documentos do homem ou na carga que ele trans

Fonte: Aratuon