Notícias:
latest

INCLUINDO CRIANÇAS, SEIS REFÉNS SÃO LIBERADOS NA SANTA CRUZ; CRIMINOSOS FORAM PRESOS


 Seis pessoas, sendo três adultos e três crianças, foram libertadas por equipes da Polícia Militar (PM), na tarde deste domingo (2/5), no Complexo do Nordeste de Amaralina. Dois traficantes que fugiram após confronto e fizeram a família de refém acabaram presos.

A negociação durou cerca de duas horas. A casa usada como escoderijo, na localidade de Sucupira, foi cercada e a rendição negociada. Os reféns não tiveram ferimentos e um dos criminosos apresentava uma marca de disparo de arma de fogo, ocorrida durante confronto com equipes do Batalhão de Choque, antes da invasão no imóvel.

Os seis reféns receberam atendimentos no local, o traficante ferido foi encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE) e o outro criminoso foi apresentado na Central de Flagrantes.

Veja, abaixo, o vídeo divulgado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) com a ação da polícia e o momento em que os reféns são liberados

ENTENDA

Unidades da Polícia Militar cercam traficantes, no Complexo do Nordeste de Amaralina, na tarde deste domingo. Criminosos estavam escondidos em um imóvel e o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) atuou na negociação para que eles se rendessem.

A ocorrência se iniciou após confronto de guarnições do Batalhão de Choque com traficantes. Um dos criminosos foi atingido, socorrido, mas não resistiu. Pelo menos outros dois integrantes da mesma quadrilha fugiram e se esconderam em um imóvel, na localidade de Sucupira.

Durante confronto, um PM foi atingido na perna, socorrido e não corre risco.

Após a ação, o bairro teve policiamento reforçados. A redação do Aratu On recebeu fotos e vídeos de leitores mostrando diversas viaturas na localidade. 

A Polícia Militar confirmou que guarnições da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT) Rondesp Atlântico e da 40ª CIPM estão no local, mas não deu maiores detalhes sobre a torca de tiros ou sobre os suspeitos.

Fonte: Aratuon

« Voltar
Próximo »

Nenhum comentário