Notícias:
latest

'BAIANO, NÉ?': ISAQUIAS VAI À SEMIFINAL DA CANOAGEM C1 E DIZ QUE ESTÁ 'NA RAIVA' DE GANHAR O OURO; JACKY FICA NAS QUARTAS


 "Baiano, né?". Foi assim que Isaquias Queiroz resumiu a vitória na série que o levou direto à semifinal da Canoagem C1 na Olimpíada de Tóquio. "A gente é assim mesmo, casca grossa", disse ele, em entrevista após a prova na qual liderou com folga e atravessou a linha de chegada em primeiro lugar, no fim da noite desta quinta-feira (5/8, no Brasil).

O canoísta natural de Ubaitaba havia ficado um pouco chateado depois de terminar a Canoagem C2 (em dupla) ao lado do também baiano Jacky Godmann, de Itacaré, na última terça-feira (3), mas disputou o individual, nesta quinta, com sede de pódio. Ou, como ele mesmo afirmou, "na raiva":

"Eu fui bem com o Jacky, no C2. Quarto lugar é uma grande colocação; não é pra todo mundo. Mas eu estou 'na raiva', com uma vontade de ganhar! Isso não quer dizer que eu vá ganhar, lógico, mas vou lutar pra isso", disse.

Com uma prova na qual manteve o ritmo forte e abriu larga vantagem do segundo colocado, o chinês Hao Liu, ele falou que quis mostrar quem era. "Mostrar quem eu sou: o atual campeão mundial. Vou em busca do ouro... da prata do bronze, mas quero ganhar a medalha pro Brasil", destacou o atleta, que fez o tempo de 3:59.894.

Segundo o baiano, a estratégia da prova foi começar forte para "sentir os adversários". "Aí, no meio, deixei o chinês chegar para ver do que ele era capaz e no final dei um gás pra ganhar, mas sem dar 100%", revelou. Isaquias também declarou que quer fazer da canoagem "um grande esporte no Brasil".

JACKY GODMANN

Godmann fez uma boa série e terminou na quarta colocação, o que o obrigou a passar pelas quartas de final para, só depois, tentar uma vaga na semi. Na segunda disputa do dia, ele manteve um bom ritmo no início, com cerca de 70 remadas por minuto, e chegou a ficar um tempo no terceiro lugar, mas perdeu força e deixou a prova na sexta posição.

Em entrevista após a série, Jacky afirmou estar muito feliz por participar de uma olimpíada e que o objetivo é melhorar na categoria C1. "Preciso treinar mais, melhorar a técnica... esse é o foco".

Fonte: Aratu on

« Voltar
Próximo »

Nenhum comentário